top of page

4 filmes que farão você viajar sem sair de casa

Updated: May 18, 2022

Se você acompanha nosso blog, é porque também é apaixonado por viagens, assim como a gente! Porém, sabemos que algumas situações às vezes nos impedem de viajar e de aproveitar a vida, por isso selecionamos alguns filmes para você viajar sem precisar sair de casa.


Vem conferir!


Nomadland


Esse longa-metragem recebeu de mais de trinta prêmios, além do Oscar de Melhor Filme, Melhor Atriz e Melhor Direção – já é um bom indicativo de que o longa é realmente bom, né?



Nomadland conta a história de Fern, uma mulher de 60 anos que passa por diversos acontecimentos que testam sua estabilidade mental, além de presenciar um colapso econômico que culminou na transformação de Empire – cidade em que morou sua vida inteira – em uma cidade fantasma.

A recente viúva, sem filhos, sem emprego e agora sem casa, faz as malas e embarca em uma jornada para se reencontrar. Em sua van – que adaptou toda a parte interna para se tornar algo próximo a um lar – Fern passa a explorar uma vida fora da sociedade convencional vivendo como uma nômade moderna.


A diretora do longa-metragem, Chloé Zhao, se baseou no livro publicado em 2017 por Jessica Bruder, e traçou uma narrativa carregada em simbolismo. O longa mistura ficção com a realidade das milhares de pessoas que realmente vivem como nômades em uma trama que aborda, com sensibilidade, a necessidade em todos nós de criar conexões reais.


Os nômades que Fern encontra pelo caminho, que incrivelmente interpretam eles mesmos, dão ainda mais vida à história que retrata as pessoas que criaram seu próprio sistema de sobrevivência à margem da sociedade tradicional.


Na Natureza Selvagem

O ganhador do Gotham Independent Film Award de Melhor Filme, traz ao público a história real de Christopher McCandless, um jovem, recém-formado e filho de pais ricos, que decide viajar sem rumo pelos Estados Unidos em busca de um bem que não se pode comprar, a sua liberdade.



O filme é uma adaptação do livro de John Krakauer, que escreveu o mesmo através de anotações do diário do próprio Christopher, além de refazer toda a sua trajetória.


O carisma de Alex Supertramp – era o nome que Christopher se apresentava – é algo lembrado até hoje, que fez o mesmo conseguir caronas e criar amizades por onde passava. No filme também são usados objetos reais que ele possuía, como um relógio de ouro que foi dado para Jim Gallien de presente, um senhor que concedeu uma carona para Alex (que interpreta ele mesmo no filme) entre outros.


O filme de 14 anos atrás ainda gera muita comoção e atrai diversos fãs pelo mundo, que buscam a mesma sensação que Christopher buscava. É uma obra que realmente vale muito a pena assistir!


Eurotrip – Passaporte para Confusão


Para sairmos um pouco da seriedade da nossa lista, escolhemos esse filme para você que gosta de algo não muito sério e meio fora da realidade. Eurotrip é um filme muito bom para se distrair e também para dar boas risadas!



Essa obra cinematográfica relata a história de Scott, um jovem que após se formar no 2º grau e terminar o relacionamento com sua namorada, vai em busca de um amigo alemão que conheceu na internet, Mieke, pela Europa.


Cooper – outro amigo de Scott, acha que Mieke é gay, e sugere que Scott mande um e-mail desaforado a ele. Porém, Mieke, além de obviamente bloquear Scott, é na verdade uma estudante alemã, e que ele acabaria acreditando ser o amor da vida dele.


Junto de Scott nessa busca estão seu amigo desmiolado e um par de gêmeos que eles encontram em Paris. A busca não é fácil, no entanto, os mochileiros se envolvem em diversas situações inacreditáveis enquanto pulam de um país para o outro.


Livre


O filme Livre é um longa baseado em uma história real e que conta a trajetória de Cheryl Strayed que, após a morte de sua mãe, um divórcio conturbado e uma fase de autodestruição repleta de heroína, decide mudar e investir em uma nova vida junto à natureza selvagem.



Para tanto, ela se aventura em uma trilha de 1700 quilômetros pela costa do oceano Pacífico, a Pacific Crest Trail sem ter nenhuma experiência nesse tipo de jornada. Uma mochila pesada demais e uma bota que não servia direito, foram apenas uma parte dos perrengues enfrentados por ela no caminho.


Quando decidiu começar a viagem, a única experiência que a autora tinha era o que havia aprendido com os livros. Na vida real, aquela teoria toda nunca tinha sido colocada em prática por ela. Já viu né?


Os diretores tiveram muito cuidado em manter essa essência de como é realmente encarar sozinha uma trilha desse porte, tão longa e desafiadora. Assim, o filme retrata muito bem os acontecimentos e as diversas dificuldades que Cheryl passou, deixando o espectador grudado na tela.


E então navegante o que achou da nossa lista? Gostaria de adicionar ou trocar algum dos filmes? Ou já assistiu a um filme que não está na lista e te deu vontade de levantar do sofá e ir viajar? Comenta aí pra gente saber!


0 comments

Comentarios


bottom of page